Mudamos para www.tradutorprofissional.com

quarta-feira, 18 de fevereiro de 2009

Eu e o Orkut

Aí embaixo, a Fátima escreveu

Danilo,

Se quiser, depois delete este comentário, já que ele não se refere ao assunto abordado por você mas a um fato occorido recentemente: sua saída do Orkut. Estamos todos sentindo sua falta e mais: excluindo seu perfil todos os tópicos e todos os posts, todos os ensinamentos, tudo que você escreveu também sumiu. Sentimos falta até das repreensões. Eu mesma levei algumas, mas aprendi com elas. Sabe, Danilo, você é uma pessoa que eu respeito muito, até comento suas opiniões aqui em casa. Fiquei triste mesmo.

Abraços


Fatima Romani



Obrigado por sua mensagem, Fátima.

Não pretendo fazer do blogue um palanque para discutir as razões que me afastaram da Comunidade Tradutores e Intérpretes BR lá no Orkut. Por isso, não vou publicar mais nenhuma mensagem sobre o assunto, independentemente do que diga ou quem escreva.

Ainda acho a Comunidade excelente e um grande lugar para todos os tradutores. Acontece que não estava me sentindo mais bem lá, por motivos absolutamente particulares e que a ninguém revelei nem pretendo revelar. Então, tive de sair. Mas acontece, Fátima, que gosto muito da comunidade, muito mesmo, demais. Se não destruísse meu perfil, ia continuar dando uma olhadinha de vez em quando, de vez em cada pouco, de vez em o tempo todo e ia acabar voltando. A minha volta não seria boa nem para mim nem muito menos para a comunidade. Então, tive de apagar o perfil. Assim, não consigo entrar no Orkut e resistir à tentação de "só dar uma olhadinha", é mais fácil.

Lamentavelmente, o Orkut agora apaga todas as mensagens postadas por quem apagou o perfil - algo de que eu não sabia quando apaguei o perfil. Antigamente, ao você apagar o perfil, ficava como "anônima", mas as mensagens ficavam. Assim, tudo o que eu escrevi, nesses anos todos, se perdeu. Foi ruim isso, por dois motivos: primeiro, que, no meio de muita abobrinha, as minhas mensagens tinham informações úteis; segundo, que parece um insulto à comunidade, mas não é, porque insultos são propositais, envolvem escolha e eu não escolhi apagar as mensagens postadas. Se eu soubesse que iam ser apagadas, ia transferir o perfil para uma pessoa de confiança, que alteraria a senha, de modo que eu perdesse acesso.

Um colega me escreveu, dizendo que estava com vontade de sair também e também teria que apagar o perfil, pelos mesmos motivos que me levaram a apagar o meu, mas que agora não tem coragem de apagar o perfil porque não quer que se percam suas mensagens. Para alguma coisa serviu minha experiência amarga.

Só posso concluir com um abraço a você e a todos na comunidade, especialmente àqueles que ficavam mais incomodados com minha presença e lembrar que, quem gostar de ler as coisas que eu escrevo, vai encontrar montes delas aqui. O tempo que eu usava na comunidade, vai virar tempo de blogue.

Mais uma vez, obrigado por sua mensagem.



Um comentário:

Tania Mikaela Garcia disse...

Olá, Danilo. Acabo de ler sua resposta na CVL sobre a questão da tradução gratuita que incomodou a tantos. Muito me alegra deparar-me novamente com suas encantadoras palavras em espaços outros.

Um grande abraço,

Mikaela.