Mudamos para www.tradutorprofissional.com

domingo, 14 de junho de 2009

Curso de Tradução — LIBRAS

Recebi um convite que me deixou triste. Triste, porque não vou poder ir, só por isso. Quem me conhece, sabe que ir até o RS é sempre um prazer para mim. Pena que não se possa ir de São Bernardo a Porto Alegre de metrô, no qual, dada a minha idade, nem passagem mais pago. Paciência.

O convite é para o lançamento do curso de Bacharelado em Letras: Tradução e Interpretação em Língua Brasileira de Sinais (LIBRAS), pelo Centro Universitário Metodista (IPA). Para quem ainda não sabe, LIBRAS é a língua usada pelos deficientes auditivos brasileiros.

Segundo a mensagem da professora Elaine Indrusiak, da Coordenação de Letras:


"O curso terá duração de sete semestres e, ao menos por enquanto, teremos oferta à tarde. Isso visa atender ao grande número de intérpretes que já atuam em instituições de ensino, mas ainda não têm formação em nível superior. O curso terá várias disciplinas compartilhadas com as licenciaturas em português e inglês, permitindo trocas muito enriquecedoras entre futuros tradutores e futuros professores; outro diferencial é o fato de não nos determos apenas na Libras, mas termos muitas disciplinas de Língua Portuguesa, conferindo maior qualidade ao trabalho tradutório. A matriz curricular do curso pode ser consultada no portal do IPA (na notícia sobre os novos cursos).
"

Não sou especialista em ensino e tenho muito medo de falar sobre o que não conheço. A meu ver, entretanto, a idéia de uma carga pesada de língua portuguesa tem importância capital para qualquer curso de tradução e interpretação, não só para os de LIBRAS. Por incrível que possa parecer, vejo como o maior problema da maioria dos tradutores que conheço a falta de conhecimento de português, assunto no qual toquei mais de uma vez por aqui.


Para mais informações, entrem em contato com eles clicando aqui.


Aproveito para deixar um recado especial para a turma de LIBRAS: aqui tratamos de todos os aspectos de tradução e interpretação e a turma de LIBRAS é sempre bem-vinda, com informações ou com perguntas.


Atendendo à correção do comentário abaixo, emendei o título. O miolo do texto estava claro e acho que impediria mal-entendidos, mas o título estava dúbio, certamente.

3 comentários:

Angela disse...

Olá Danilo.
Sou a Angela de Porto Alegre, intérprete de Libras que participava de suas aulas da sala 7 do Aula Vox. Por aqui ficamos muito contente com este curso. Espero que o mesmo possa contribui para a nossa formação daqui para frente.
Abraços

Cris disse...

Oi, Danilo, pequena correção: não é um curso de Libras, mas um curso de TRADUÇÃO E INTERPRETAÇÃO (entre Libras e LP). Se disser curso de Libras vão pensar que é como "curso de inglês", ou seja, curso só para aprender a língua. De resto, obrigada pela divulgação!

Daddy[Papai]Saulim disse...

Oi Danilo!
Concordando com a opinião das minhas duas queridas colegas de trabalho e de luta, Ângela e Cris, gostaria de comentar contigo que concordo plenamente com vc quando dizes que é necessário que um tradutor saiba manejar bem o Português.

Nossa!!

Não falo isso só porque sou Jornalista, mas sim, porque, em se tratando de lidar com sistemas de texto, que são complexos em sua organização lógica, fica praticamente impossível fazer um excelente prodecimento tradutório sem conhecer "as idas e vindas" dos idiomas de saída e de chegada.

Grande é que foi a luta de ter de traduzir 04 livros em um ano. E, só agora, depois de mais de 20 anos de vida de leitura, estou colhendo os frutos da boa fluência e eloqüência no Português, elementos esses que contribuem profundamente com o exercício profissional de um tradutor-intérprete de línguas orais e de sinais.

Parabéns pelo teu blog! Ótima iniciativa!

Grande abraço

Saulo Xavier
jornalista, tradutor, intérprete de Libras
& mestrando em estudos da tradução pela UFSC.