Mudamos para www.tradutorprofissional.com

terça-feira, 13 de novembro de 2007

Definição de lauda

O que á uma lauda? Já escrevi sobre laudas aqui, mas noto que o artigo merece uma complementação. Não existe uma única definição oficial de lauda: existem várias, o que significa que nenhuma é oficial de verdade. As Juntas Comerciais tem uma, o SINTRA tem outra, as editoras têm cada uma a sua, os jornais, revistas, cada um tem lá a sua.

Isso cria um problema: se Alfa e Beta dizem que seu preço é R$ 10,00 por lauda, mas a lauda de Alfa é maior que a de Beta, então, o preço de Alfa é menor.

Por isso, se você está procurando orçamentos para tradução, é bom saber o que cada um dos interessados chama "lauda". Melhor ainda é nem falar em lauda e pedir cotações por palavra do original. Assim, quando o serviço vai para o tradutor você já sabe quando vai pagar.

Por outro lado, se você for tradutor e o cliente quiser uma cotação por lauda, manda o bom-senso que você pergunte como o cliente define lauda. Costuma ser complicado, porque muitos clientes acham que lauda é lauda e acabou a história. E tem gente que acha absurdo que alguém defina lauda de um modo diferente do deles. Precisa ir com jeitinho. Também é bom ir explicando ao cliente essa coisa toda, porque pode ter alguém cotando com uma lauda menor que a sua e, portanto, com um preço que parece menor do que é. Às vezes, o contato no cliente é alguém que não sabe o que é lauda, não sabe o que é tradução, não quer saber e tem raiva de quem sabe. Mandaram perguntar quanto era a lauda, ele está perguntando e, se você não responder rapidinho, vai perguntar para quem responda, que este mundo está cheio de tradutores dispostos a trabalhar sem criar caso.

Uma boa saída, é você responder o que te perguntam e manda uma mensagem para o contato, com sua definição de lauda. Nessas horas, eu defino a minha lauda bem pequenininha, para não dar chance a alguém cobrar mais fingindo que cobra menos. Mas lembre-se: o cliente tem direito a saber o que está pagando e a contagem de laudas tem de estar rigorosamente de acordo com a definição.

É por essas e por outras que eu cobro por palavra do original. Uma vez que se livre do vício da lauda, você vai perceber que é mais fácil tanto para o tradutor como para o cliente.

Um comentário:

Elias disse...

Caro Mestre Danilo:
O que tenho a fazer é apenas uma pequena observação, de cuja importância duvido. O seu ótimo artigo "Definição de Lauda" está duplicado.

Um Abraço,

Elias Leite.