Mudamos para www.tradutorprofissional.com

segunda-feira, 12 de novembro de 2007

tradutor bom para pdf sem erros

Mais de metade das pessoas que chegam a este blog estão procurando um tradutor que não seja uma pessoa, mas sim um programa; que traduza sem erros e, muitas, um programa que traduza pdf.

Logo de cara vou dizendo que isso não existe e que, se existisse, eu já teria perdido o trabalho e este blog teria se tornado inútil. Há anos que estou ouvindo a história de que está para sair um programa de tradução automática que vai acabar com a raça dos tradutores de uma vez por todas, que em algum lugar existe um programa milagroso que traduz tudo direitinho, bonitinho. Esse programa não existe.

Dizem que o governo americano tem um programa santificado que traduz bacaninha. Pergunto: se tivesse, publicariam isto? É para Portugal, tudo bem, mas note que não há uma tradução que faça sentido quando o original tem mais de três palavras. Vejam Cessation Following Trial Work Period (TWP) > A Cessação Segue Período de Trabalho de Trilha (CSPTT), por exemplo. Você sabe o que é "a cessação segue período de trabalho de trilha"?

Esse é um defeito clássico dos programas de tradução automática: quando acertam, é só em minifrases. Quanto mais longa frase, mais eles se embananam. Para

Italy again awoke to familiar headlines of football violence Monday after supporters rioted in Rome and elsewhere in the country following the accidental fatal shooting of a fan by police,

trecho de uma nota da CNN, o Babelfish me deu

Italy acordou outra vez para headlines familiares da violência segunda-feira do football depois que os supporters se amotinaram em Roma e em outra parte no país que segue disparar fatal acidental de um ventilador por polícias.

Imagine a polícia disparando ventiladores. Se fosse um texto jurídico, com períodos quilométricos, então, pode esquecer.

Outra deficiência dos programas tradutores é a incapacidade de lidar com erros. Se o seu texto tiver só frases bem curtas e sem erros, ainda talvez se entenda alguma coisa da tradução. Se o texto tiver erros, pode esquecer.

Mas há programas tradutores melhores e piores. Os melhores, como os usados, digamos pela Comunidade Européia, fazem menos bobagem. Entretanto, trabalham com linguagem controlada. Linguagem controlada é um conceito muito interessante: é uma linguagem que se submete a certas restrições de vocabulário e sintaxe, que resultam em um texto que o programa entende. Quando os textos precisam ser traduzidos para diversas línguas, pode ser uma vantagem.

Funciona assim: o autor escreve como melhor pode e um especialista "traduz" para linguagem controlada; o programa depois traduz para as diversas outras línguas e até que sai uma coisa razoável – embora não dispense um bom revisor que entenda das coisas. Só vale a pena, evidentemente, quando se vai traduzir para várias línguas, porque, se for para uma só, em vez de traduzir par "linguagem controlada", já traduz para a outra língua de uma vez.

Mas esses programas não estão disponíveis gratuitamente em lugar algum. São caros, muito caros, na casa das dezenas de milhares de dólares e, ao que eu saiba, não há versões pirateadas. Quer dizer, se você conseguiu um texto maneiro que resolve todo o seu problema daquele trabalho de física, só que está em inglês, perca as esperanças.

Se está tentando também ver se pinta um clima com aquela gatíssima australiana, tome cuidado: usar um desses programas é como aparecer na casa dela para irem para balada juntos com ranho escorrendo da sua narina esquerda.

As coisas mudam, evidentemente, e a informática anda rápido. Pode ser que amanhã apareça um programaço grátis que dê conta de qualquer tradução com esmero e perfeição. Mas isso é amanhã.

Mas também é fato de que muita gente que se diz tradutora escreve bobagens únicas. Um bom tradutor, lamentavelmente, custa caro. Não que ganhe muito, porque traduzir bem dá um trabalho danado. Mas isso é outra conversa.

34 comentários:

Pedro disse...

Olá, gostaria de saber se você conhece algum site onde eu possa baixar a versão completa do Trados e do Wordfast.
Obrigado!

Marcelo Almeida dos Reis. disse...

Amigo Pedro, não há sites que ofereçam o progama de graça. O máximo que você pode fazer é baixar um demo, como eu já fiz no passado. Desembolse 320 Reais, compre o Wordfast no site oficial e se "profissionalize" de uma vez, se é o que desejas. É o melhor que você tem a fazer.

Marcelo A. Reis.

Anônimo disse...

Há muitos anos, uns quarenta (shhhhhh...), vi isso em uma edição do Time:

Deram a um tradutor automático o trecho bíblico "The spirit is willing, but the flesh is weak" para ser traduzido para o russo. Não diz em que deu. Mas a retroversão para o inglês resultou em "The ghost is ready, but the meat is raw."

Vejam agora esta preciosidade:

http://www.geocities.com/j_r_partington/spirit.html

Stella Machado

Ana (Portugal) disse...

"É para Portugal, tudo bem"? Protesto duplo. Em Portugal essas traduções nao têm qualquer sentido; além disso, grande parte das palavras em português está redigida na forma brasileira. Estranhei observação...

InstaladorX disse...

Bla bla bla, bla bla bla.

O homem criou as linguas e a escrita, inventou varios meios de comunicação. O homem criou os motores e os foguetes, as antenas e os satelites, o radio, a televisão, a maquina fotografica e o celular. O homem criou a caneta e aprendeu a usar as tintas. O homem criou todas as coisas que estão a nossa volta quase o tempo todo. Mas, tem uma coisa que o homem não poderá criar nunca e nem jamais, o misero tradutor!? Como o homem é inutil! Quanta inteligencia burra!? Veremos os transplantes de figado e coração, corneas e rins e até de um membro inteiro. Veremos o homem robô e veremos tanta tecnologia que aqui nem saberia eu mencionar mas, jamais e talvez nunca, o homem criará um "programinha" que traduza um texto. Isto nunca! imaginem se seria possivel um programa que traduzisse o ingles para o espanhol? Jamais! Pobre homem, criou os tradutores (pessoas) e morrerão dependendo deles. Parabens tradutores (pessoas), vossos empregos estarão garantido para toda a eternidade e bla bla bla, bla bla bla, bla bla bla.

Anônimo disse...

É achei uma bosta esse texto.

Abraços.

BoneBag disse...

Colegas,

Creio que vocês se enganaram. Pois consegui sim, a versão mais recente do Trados de graça na internet. Inclusive ela funciona até mesmo com o Word 2007. É só procurar um arquivo torrent do mesmo.

Um abraço,

Pedro

Danilo Nogueira disse...

Não sou a consciência moral do mundo, mas minha norma aqui é não recomndar pirataria e, por isso, não falei em pegar Trados no BitTorrent. Aliás, seria desnecessário, porque qualquer micreiro que se preze sabe que há de tudo mo BitTorrent, embora nem tudo que se baixa funcione ou seja isento de riscos.

Mas acho que você postou o comentário no local errado. Não consegui encontrar a relação enter o que você disse e o conteúdo do artigo, que fala da turma que procura programas que traduzam arquivos pdf automaticamente.

Antes que alguém se equivoque, nenhuma versão do Trados é capaz de ler arquivos pdf diretamente. E, além disso, Trados é um programa de ajuda à tradução, quer dizer, ajuda o tradutor em sua tarefa, mas ele próprio não traduz. Em resumo, se você não for tradutor, se não conhecer línguas, o Trados não te serve de nada.

Se não acreditar, vá lá no BitTorrent, baixe o Trados, instale e veja o que faz com ele.

Pedro disse...

Sr. Danilo,

Peço desculpas por ter me desviado do assunto de seu tópico, mas precisava fazer esta pergunta e não identifiquei em qualquer outro local onde pudesse fazer sem atrapalhar as conversas.

Realmente, cada um tem a consciência que acha que deve ter quando o assunto é pirataria. Eu acredito que apesar da utilidade do programa, nenhum deles vale todo esse preço que cobram. Se ele fosse acessível (não só pra mim, mas para aqueles que tenham uma condição financeira menos privilegiada) eu com certeza compraria.

Agora, acredito que sua extrema falta de educação com as pessoas que postam aqui é que seja um problema. Tudo bem, o blog é seu mesmo. Você escreve o que quiser, mas não é necessário todo esse tom de ironia e hostilidade. Você poderia muito bem ter bloqueado meus comentários se eles não estivessem de acordo com seu texto, por que então deixá-los e ser irônico em suas respostas?

Obrigado mesmo assim. Porém, me desculpe, mas você perdeu um leitor dos seus artigos. Se bem que você nem precisa, não é mesmo?
Melhor deixar para "qualquer micreiro que se preze"...

Adeus.

Danilo Nogueira disse...

Para quem costuma ler estes artigos e se surpreendeu com troca de comentários com o Pedro: abaixo de cada artigo, existe um botão para comentários. Se queiser comentar um artigo, por favor clique no botão "postar um comentário" que fica logo abaixo do artigo e deixe lá seu comentário. Se você clicar no "postar um comentário" abaixo de outro artigo, vai confundir as coisas, só isso. Quer dizer, para comentar o artigo sobre "batatas", clque no botão "postar um comentário" que fica abaixo do artigo "batatas"; para comentar o artigo "tomates", clique no botão "postar um comentário", que fica abaixo do arquivo "tomates".

Quando respondo a um comentário, procuro ser educado. Não sei o que o Pedro viu de falta de educação e ironia, na minha resposta, mas, muitas vezes, "ironia" e "falta de educação" são acusações que se fazem na Internet a quem não concorda conosco ou nos corrige um erro.

Quanto à pirataria, aqui não recomendo mesmo, como também não recomendo remédio para prisão de ventre nem discuto os possiveis erros do árbitro em algum jogo de futebol. Essa é minha política e pronto. Aqui, eu falo de tradução.

Aliás, o que não falta na Internet são blogues e sites e mais o que raio seja que podem ensinar a piratear bem melhor que eu.

De resto, Pedro, se você vai deixar de ler os meus artigos ou não eu não sei. E até capaz de vir fazer comentários com outro nome, lá sei eu. Tem um sujeito que adora meter o pau em tudo o que eu escrevo sobre o Trados.

Por aqui, dou por encerrada a coversa.

Danilo Nogueira disse...

RETIFICANDO:

Agora entndi parte da coisa: em um comentário, alguém perguntou onde baixar Trados grátis e mais alguém respondeu que isso não existia e, aparentemente, era a essa "conversa paralela" que o colega respondia. Peço desculpas pelo mal entendido, mas aproveito para dizer, mais uma vez, que tudo se consegue na Internet, que não me arvoro na consciência do mundo e que não recomendo pirataria a ninguém.

Anônimo disse...

Dear, Fucker!!

Go to see this programs: Power Translator ou Lingoware ...with doc document you traduzi your text.

Fast and Simple !!

Fucker, you go DOWN!

Danilo Nogueira disse...

O comentário acima dispensa comentários. É a perfeição em si própria.

rei disse...

Cada mente uma setençam, cada um excreve ou fala o que quizer, segundo suas ideologias. Então sou mais uma a recomendar aos que teem competência a procurarem um jeito na www.que ira encontrar uma forma de se conseguir o que quer, legalmente, partilhar não é piratear, e quem o consegue parabéns, é competente. Que desculpem-me os profissionais da tradução. Um pouco de educação é muito bom.

Anônimo disse...

Ola, meu caro!
EU vim, assim como muitos, a procura de um tradutor para PDF. Após ter lido tuas palavras a este respeito, reforcei a minha tese de que, face aos muitos erros produzidos pelos tradutores automáticos, o melhor mesmo é fazer "na unha".

Desistirei da busca, salvo indicação de um programa infalível... ou quase infalível...

Abraço!


Josias Brasil
Salvador - Bahia

Túlio Almeida disse...

Danilo, vc é um bosta com 'medinho' de perder 10 conto por traduzir 'textinhos'.
Cresce, seu bosta

Danilo Nogueira disse...

Olha, Túlio, crescer, na minha idade, é meio difícil. Mas, quem sabe, você prova que não é um bosta e ensinar para nós qual é o programa que traduz pdf sem erros.

Anônimo disse...

esse blog é uma bosta!

Danilo Nogueira disse...

Vamos falar a verdade, este é o artigo mais popular do blogue. O SiteMeter diz que, de longe, é o que tem mais acessos.

® disse...

http://translate.google.com.br/translate_t?hl=pt-BR&ie=UTF-8&text=new&sl=en&tl=pt#

"Para traduzir um arquivo em inglês para português no formato PDF, clique na opção "ENVIE UM DOCUMENTO", destacado em azul e sublinhado, envie o documento e aguarde alguns instantes até seu artigo ser traduzido.


Espero ter ajudado.

Anônimo disse...

chupa meus gão!!

Igor Medeiros disse...

O seu desemprego é inevitável. A tecnologia não para de evoluir. A microsoft está usando uma ferramenta de tradução de suas páginas de suporte para várias liguas e só me dei conta disso depois de ler uma página quase que inteira e no final notei um pequeno erro se sentido no emprego das palavras. Pesquisei e decobri que a tradução foi feita por máquina. Fiquei impressionado. Falta pouco para traduções perfeitas. Quer uma sugestão? Faça um curso profissionalizante enquanto tem tempo.

Danilo Nogueira disse...

Ah, Igor, não se preocupe comigo: eu estou aposentado. Não preciso mais trabalhar para viver. Traduzo uma que outra coisa pela satisfação de traduzir. Mas, se parar de todo, o dinheiro não me vai fazer grande falta.


Por outro lado, se você se movimentar no ambiente tradutório, vai ver que está crescendo a procura por gente capacitada para revisar material traduzido automaticamente.

Se o assunto te interessa, a partir de amanhã foi postar uns artigos sobre a questão. É muito interessante, na verdade.

Lilian disse...

Impressionante mesmo é a capacidade so ser humano de ser mal educado e a sua incapacidade de conviver com opiniões diferentes da sua. Respeito é artigo cada vez mais em falta e pelo jeito, nesse aspecto o homem não vai evoluir nunca. Que adianta ser tão avançado tecnologicamente se o sujeito é incapaz de tratar o outro com EDUCAÇÃO? Que perda de tempo.

Anônimo disse...

Eu achei curioso o cidadão que reclama de ter que pagar 320 reais pelo Trados e - aparentemente - é um tradutor "profissional".

Fabiana disse...

Os posts desse artigo estão me dando medo!

Danilo, como sempre, um artigo super interessante.

Emilio Pacheco disse...

O que me impressiona na Internet é a quantidade de gente burra que não sabe que é burra. Escreve uma baita asneira, paga um mico incrível e ainda sai se vangloriando. E o caso do Anônimo aí que usou tradutor automático. Esse mesmo tipo de gente acha que, sempre que um tradutor critica os tradutores automáticos, está advogando em causa própria, esperneando desesperadamente para tentar reverter o inevitável, que é a perda do emprego. Ora, se tradutor automático funcionasse, os próprios tradutores usariam. Não seria muito mais fácil? Aliás, sei de uma tradutora que até tentou usar, para agilizar o serviço. Desistiu na primeira tentativa.

Elias disse...

Procura mais filho um dia você consegue, agora pra que escrever toda essa merda? Não acredito que perdi meu tempo lendo algo que poderiiiiiia ser útil. Te garanto que eu não volto mais por aqui.

Garcia disse...

e... nao concegui o que eu queria sõ conceguir dar umas risadas desse povo mas ta bom pelo menos ja tenho uma base do preço e ja vi que nao funciona resumindo nao precizo quer diser ou faço um curço ou procuro em outro lugar pois aki nao se concegue trocar informaçoes nem se que conversar civilizadamende valeu ai obrigado a todos

Anônimo disse...

aprende a escrever Garcia. Você é muito burro.

Anônimo disse...

vim aqui parar por acaso, pois estava pesquisando outra coisa, mas como tradutor que sou não pude ficar indiferente a estes comentários todos. Como é certo e sabido, hoje em dia consegue-se através de tradutores automáticos, compreender o sentido de uma frase, mas não quer dizer, que a tradução seja de todo boa. Quem não é tradutor e não lida com isto, não faz caso, pois o seu propósito foi atingido. Agora aqueles que precisam de redigir artigos de codigo, leis, regras, coisas verdadeiramente importantes não podem de maneira nenhuma aceitar uma tradução feita por uma máquina sem que haja ao menos um revisor experiente por detrás para corrigir eventuais erros.
Imaginemos que a NASA na construção estação internacional, enviou a todos os outros países membros deste consorcio, especificações bem precisas para a construção dos diversos modulos. Agora imaginemos que cada país utiliza um tradutor automático para traduzir estes parametros. Estão a ver qual seria o resultado ou ainda não. Catástrofe.
Nas simples traduções do dia à dia, penso que se tivermos uma ideia geral do que se está a falar, não vai haver problema. Agora um futuro médico que está a estudar um autor estrangeiro, um verdadeiro tradutor é a diferença entre este compreender como se desenrola determinada cirurgia, de um paciente morto, por ter havido uma má tradução em que esta por ex: sugeria que fosse feito processo x em primeiro lugar, quando afinal o processo x ficou invertido na tradução e pena pois o paciente morreu por ter um medico ignorante do processo que realizou. É só isso. Espero não ter sido muito longo e ter ajudado.

Anton disse...

Concordo que ainda demorará alguns anos(entre 5 e 12), mas existem pesquizas avançada na RAND Corp, em um translator universal que utiliza Fuzzy Tec, que tem tido progressos enormes e são fianciados pelo Pentagono e esta sendo usado no Echelon para rastrear sem supervisão humana conversas e textos na Net e todo istema de comunicação.
É apenas questão de tempo e processamento que na escala atual deverá multiplicar por 100 em 5 anos.
Portanto ainda é um projeto militar e que chegará ao meio civil como o GPS, que já era usado por Americanos e Rusos na decada de 80

Arthur Araújo disse...

Danilo, por que você não apaga essas trolagens do tipo "esse artigo é uma bosta" que não servem pra nada?

Cláudio disse...

Não sou tradutor, não sou blogueiro, encontrei o blog por acaso, mas falo sinceramente, quase mijei nas calças de tanto rir... kkkkkkkkkk
Caraca, nunca li tanta besteira junta, nem minha filha de 5 anos escreveria tão feio assim, fiquei com dó do Português, literalmente o danado foi "assassinado", teve um post que o coitado foi metralhado.
"setençam, excreve, precizo, curço, concegue" e por aí vai.
Bom, valeu algumas horas de risos.