Mudamos para www.tradutorprofissional.com

domingo, 8 de março de 2009

Tradução automática 2

Ontem disse — e ainda está aí abaixo — que há usos legítimos para a tradução automática.

Um dos possíveis é aplicado pelo Banco Mundial, segundo me contou o gerente do setor de traduções deles. O Banco Mundial usa tradução automática para fins de triagem. Quer dizer, um dos técnicos do Banco Mundial quer fazer um estudo sobre determinado assunto e, sobre esse assunto, há muita literatura em língua que esse técnico não conhece. Então, usa-se a tradução automática para traduzir centenas de documentos em poucas horas. Esses documentos são examinados superficialmente pelo interessado, para determinar o que vale a pena fazer traduzir por um tradutor humano. À pergunta "e por que não traduzir tudo por humanos"? é respondida pelos muitos meses que mesmo uma vasta equipe precisaria para traduzir milhares de páginas, páginas que, em sua maioria, seriam inúteis. O que é importante, é entregue — na língua original — a tradutores humanos.


Outro uso muito legítimo é o do setor de meteorologia do Canadá, que é obrigado por lei a publicar as previsões de tempo em francês e inglês. Fazer previsão de tempo é coisa para cachorro grande, mas os textos das previsões variam muito pouco e os tradutores humanos foram substituídos por um tradutor automático.


Amanhã, falo do uso legítimo de tradução automática por tradutores profissionais.
Por hoje é só.

Ainda sem Kelli.

2 comentários:

Fabio disse...

Oi Danilo,
O governo do Canadá publica previsão do tempo em francês e... português? Não seria inglês? Mas não me espantaria se fosse português mesmo: acho que há mais portugueses (ou descendentes de portugueses) oriundos dos Açores no imenso Canadá do em quem todo o minúsculo Portugal :-)
Bom domingo!

Danilo Nogueira disse...

Obrigado, Fábio. Já corrigi. Faz falta a Kelli! (Quando ela conseguir ler o blogue, vai ficar toda prosa).

Bom domingo para você também.